Skip to content

Evoluir no Desenho é Tão Difícil Assim?

evoluir no desenho

Evoluir no desenho é um assunto complicado de se abordar.

Por que alguns iniciam sem saber dar um traço e evoluem rapidamente enquanto outros que já desenham não saem do lugar de jeito nenhum, por mais que se esforcem?

O mundo online proporciona possibilidades infinitas de saber como desenhar bem, sem precisar sair de casa, seja para fins pessoais ou profissionais.

 Evoluir no Desenho: Problemas

evoluir no desenho é tão complicado assim?
Por que você não consegue evoluir no desenho?

Não tem jeito: em algum momento você se perguntará por que não consegue evoluir no desenho. E o pior: você acha que é o único que passa eternamente por dificuldades para desenhar

A sensação de impotência parece não ter fim. Você acredita não possuir solução para seu problema. Caso você faça comparações com desenhos alheios, você acha que deveria evoluir tão rápido quanto o cara que começou há alguns anos atrás.

Muitos possuem a percepção incorreta de que praticar SOMENTE vai torná-lo um desenhista melhor. Sim, apesar da prática, da força de vontade e da paciência ser aspectos importantes, você precisa dos conhecer os motivos do seus erros. Praticar com evolução!

Veja algumas dicas de profissionais que já passaram por isso DIVERSAS VEZES ao longo da suas carreiras profissionais.

1- Esquematize sua Rotina de Desenhos

Cumprir horários já faz parte de nós: acordamos cedo para ir a escola no horário certo, comemos em determinados horários e dormimos instintivamente na mesma hora (já percebeu isso?).

Conforme nossas obrigações aumentam, o seu tempo para atividades paralelas e que não tenham relação com o trabalho diminuem.De tal maneira, consiga um período de tempo para desenvolver sua habilidade no desenho, mesmo que seja poucos minutos do seu dia.

2 – Estabeleça Metas

Aqui, uma observação: antes de estabelecer metas, crie seus hábitos de desenhar diariamente. Metas sem uma fundação não fazem sentindo, ainda mais se forem irrealistas como desenhar 5 horas por dia.

Faça com que as metas sejam integradas na sua rotina pessoal e que você não sinta que há metas a serem cumpridas. Creio ser a melhor forma de estabelecer metas que condizem com o seu sentimento atual sobre desenhar.

Certifique-se de que as metas seja estipuladas por você, livre de interferências externas.

3- Compare sua Evolução

Veja que fui bem claro na comparação: não é com desenhos de terceiros, embora sejam interessantes em determinados momentos. Fazer comparações de seus próprios desenhos é essencial para que você perceba seu próprio avanço.

A prática com evolução faz você se dedicar com mais afinco, apesar das críticas ou defeitos que você talvez encontre na sua caminha rumo a desenhos melhores. Além disso, seja um professor firme e cuidadoso de si mesmo, pois a autocrítica, quando mal feita, leva a inconvenientes emocionais, minando sua autoestima.

4- Cadê o Foco?

Acredito que todos somos autodidatas em alguma habilidade que nos interessa. Tendo essa ideia em mente, conseguir foco no que você quer seria fácil demais, pra não dizer óbvio. Até porque ele surge de forma natural devido ao nosso interesse legítimo em aprender.

Porém, a maioria possui dificuldade em se concentrar e obter foco, seja por causa da TV seja por causa das pessoas a sua volta ou por qualquer distração do momento que tire a sua energia para assuntos mais prioritários.

6- Invista em Você

Não faltam fontes de informação na internet. Livros digitais, canais no Youtube ou blog de profissionais com informações gratuitas existem para orientá-lo da melhor maneira. Com o tempo, você comprará materiais conforme o seu progresso se torna visível.

Ao investir em você, você segue os passos necessários para uma evolução mais veloz. São investimentos que no futuro você falará para si mesmo que valeram muito a pena.

Evoluir no Desenho é para Qualquer Pessoa

evoluir no desenho é para todos

Você também pode desenhar

Qualquer pessoa possui a capacidade de evoluir no desenho. Alguns têm mais facilidade do que outras e está tudo bem. Na vida, uns terão um ponto de partida facilitado, porém o que o diferenciará é a dedicação e a forma de “ver” seus desenhos.

Caso você não vá para frente, não hesite em pedir ajuda. Dê um passo para trás para avançar dois a frente. Ao solicitar auxílio, você encurtará a curva de aprendizado, que às vezes é longo e desgastante para os iniciantes. Quando existe esse ambiente de comunidade e orientação, sua trajetória no desenho será prazerosa, como esse curso para desenhos realistas.

Um grande abraço e bons desenhos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − dois =